Perda de peso: os 4 mitos que podem te atrapalhar a alcançar esse objetivo

Perda de peso: os 4 mitos que podem te atrapalhar a alcançar esse objetivo

Conheça alguns mitos sobre o processo de emagrecimento e saiba porque seguir essas ideias podem te atrapalhar nesse objetivo.

Seja para buscar um corpo mais bonito, por orientação médica ou mesmo para ter uma vida mais saudável, emagrecer é uma meta importante para muita gente. De acordo com a pesquisa Vigitel, do Ministério da Saúde, cerca de 55% dos brasileiros estão acima do peso. Se você é uma delas, sabe que emagrecer nem sempre é é fácil.

Afinal, quase todo mundo já ouviu de um amigo que utiliza um chá infalível para diminuir a gordura que aprendeu com a avó ou que está em uma dieta 100% baseada comer melancia que encontrou na internet. Isso sem falar no volume gigantesco de e-mails anunciando remédios milagrosos que chegam até a sua caixa de entrada.

Em muitos casos, a dificuldade de perder peso está associada a uma série de conceitos que podem não só atrapalhar esse processo, como também causar diversos efeitos negativos para a saúde. O uso indiscriminado de medicamentos, dietas milagrosas e a falta de atividade física são apenas alguns deles.

Por isso preparamos esse conteúdo especial com os maiores mitos sobre perda de peso, e como estas ideias podem te atrapalhar na busca pelos seus objetivos.

Mito 1 - Você pode emagrecer apenas com remédios

Infelizmente, a automedicação é muito comum no Brasil. Segundo um levantamento do Conselho Federal de Farmácia, cerca de 77% da população brasileira toma remédios sem orientação médica com frequência.

Com os remédios para emagrecer não é diferente e com o número gigante de pessoas buscando esse objetivo, existe hoje um imenso mercado de venda dessas substâncias. Entretanto, diferente do que muita gente pensa, eles são apenas coadjuvantes no processo de perda de peso, que deve sempre incluir hábitos alimentares saudáveis e a prática de exercícios físicos.

Na verdade, até hoje nunca se criou nada que substituísse efetivamente a atividade física e a nutrição para perda de peso. Em alguns casos, o uso de medicações é indicado quando o aumento do peso está associado a algum outro problema de saúde que necessita desse tipo de tratamento.

Porém, a prescrição desses remédios deve ser realizada e acompanhada de perto por um médico. Além disso, sem a devida orientação, esse tipo de medicação pode causar inúmeros problemas de saúde, sobretudo intestinais. Em casos mais graves, o uso indiscriminado dessas substâncias provoca até mesmo dependência química.

Por isso, o uso de remédios para emagrecer deve ser complementar aos exercícios e a alimentação equilibrada e sempre com orientação e monitoramento. Toda a vez que receber uma oferta de alguma dessas substâncias, converse com seu médico antes de comprar e faça o uso sem abandonar os exercícios físicos e a alimentação saudável.

Mito 2 - Dietas restritivas milagrosas

Na internet, é muito comum encontrar dezenas de dietas focadas na restrição completa de algum tipo de alimento, quase sempre carboidratos ou gorduras. Em geral, cortar esses alimentos têm o objetivo de “forçar” uma perda de peso em poucos dias e muitas pessoas buscam isso quando querem estar mais magras em algum evento ou antes do verão.

Entretanto, esse tipo de mudança alimentar é dificílima de se manter no longo prazo. Por isso, em muitos casos, logo após um primeiro resultado positivo e uma pequena perda de peso, a restrição logo é abandonada e aqueles quilinhos a mais podem voltar bem rápido.

Assim, o ideal é fazer uma reeducação alimentar completa para adotar hábitos mais equilibrados e duradouros, incluindo todo o tipo de alimento, distribuindo-os em porções corretas e adequadas.

Dessa forma, a perda de peso pode ser um caminho inicial para uma vida mais saudável e benefícios mais duradouros. Para isso, é fundamental contar sempre com orientação profissional para construir esses hábitos.

Mito 3 - Exercícios físicos não são necessários

Não é impossível perder peso sem fazer exercícios, mas quase sempre, é muito mais difícil. Quando nos exercitamos, o corpo consome as calorias de tudo que comemos como fonte de energia. Conforme seguimos, a queima das gorduras se tornará essa fonte, e o emagrecimento começa a ficar visível.

Além disso, esse tipo de atividade também é fundamental para fazer com que o organismo tenha um metabolismo mais alto, o que faz com que esse processo de queima de gordura continue mesmo após o exercício, durante o repouso. Exercícios mais intensos deixam esse processo ainda mais forte.

Após os 30 anos, em média, o corpo tende a diminuir massa magra, o que pode beneficiar o aumento da gordura. Um dos grandes benefícios da atividade física é prevenir essa redução e auxiliar a permanência do peso a longo prazo.

Além disso, muito mais do que perda de peso, a prática regular de exercícios traz inúmeros benefícios, tais como o fortalecimento de ossos e músculos, redução da ansiedade, do estresse e a prevenção a vários problemas de saúde.

Por isso, se emagrecer está nas suas metas, você vai precisar reservar um tempo para a prática de atividades físicas.

Mito 4 - Você pode emagrecer sem orientação

Em geral, perder peso é uma meta pessoal importante que começamos e desistimos repetidas vezes, várias delas sem o devido acompanhamento profissional. Entretanto, o ideal é contar com orientação para definir a quantidade, intensidade e tipo de exercício mais adequada.

Além disso, a mudança de hábitos alimentares é muito mais difícil sem um direcionamento adequado para definir quais alimentos deve ser consumidos nas quantidades corretas, principalmente para quem precisa ter cuidados específicos como não comer alimentos com lactose, glúten ou alta concentração de açúcar.

Se você está buscando orientação especializada para fazer exercícios e mudar sua alimentação com o objetivo de perder peso, mas tem pouco tempo, experimente o Vittamia Fitness, um método completo para você emagrecer.

Com ele, você tem acesso a dezenas de videoaulas de diversas modalidades com exercícios físicos distribuídos em treinos de curta duração. Além disso, no seu primeiro acesso, coletamos várias informações sobre a sua condição física e as suas restrições para lhe fornecer orientações alimentares personalizadas pensadas para você emagrecer e ter uma vida mais saudável.